Protestos em SP: Estudante de arquitetura preso pede desculpas

De acordo com o Estadão, o universitário Pierre Ramon Alves de Oliveira, de 20 anos, estudante de arquitetura da FMU, foi detido e foi liberado depois que o pedido de prisão temporária foi negado pela Justiça. Ele é acusado de atacar a Prefeitura e ajudar a queimar um carro da Record, segundo a polícia:

Ao sair do Deic, Oliveira falou com os jornalistas (ver vídeo acima): “Peço desculpas a todos os manifestantes do Movimento Passe Livre. Vou responder pelos meus atos, mas estou de cara limpa e gostaria que as outras pessoas que participaram da depredação se entregassem à polícia. Confessei, não me mascarei”, disse. Ele negou participação na queima de uma van da Record na frente da Prefeitura.

Leia mais e veja o vídeo clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em junho 20, 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: