Gerald Thomas: Nicole Bahls (e não só ela) constrangida

Nicole Bahls e Gerald Thomas

Nicole Bahls e Gerald Thomas

Poderia ficar apenas como uma nota curiosa em sites como o Ego a notícia sobre o constrangimento de Nicole Bahls no lançamento do livro de Gerald Thomas [*]:

De volta ao programa “Pânico”, a morena foi ao lançamento do livro “Arranhando a Superfície”, de Gerald Thomas, em uma livraria no Leblon, Zona Sul do Rio. Ao tentar entrevistar o diretor teatral, Nicole foi atacada por ele. Gerald Thomas enfiou a mão dentro do vestido de Nicole, que ficou visivelmente constrangida com a atitude do entrevistado.

Leia mais clicando aqui.

Mas, no portal R7, Miguel Arcanjo Prado diz que Gerald foi além:

O diretor Gerald Thomas perdeu a noção ao colocar o pênis para fora da calça e enfiar a mão debaixo do vestido de Nicole Bahls, no lançamento do livro dele, Arranhando a Superfície, na última quarta (10), no Rio.

Mais aqui:
http://entretenimento.r7.com/blogs/teatro/2013/04/12/por-tras-do-pano-rapidinhas-teatrais-12-4-2013/

O blog Te Dou um Dado mostra a foto, por sua conta e risco: clique aqui, mas não diga que não avisei.

A pergunta é: se era algum protesto da parte de Gerald contra a maneira invasiva com que os humoristas do Pânico abordam os entrevistados, por que escolheu Nicole ? Por que não fez o mesmo com os repórteres do programa ? E por que escolher esta forma de “protesto” ou brincadeira ? Qualquer mulher ficaria constrangida e sem dúvida ofendida e ultrajada com alguém, do nada, enfiando a mão em suas partes íntimas. Há maneiras e maneiras de protestar. O que você acharia se fosse com você ? Isso sem falar em toda a dose de machismo, dos comentários que surgem como “ah, ela está sempre com o traseiro de fora”, enfim…

No portal Terra, outras declarações:

Sobre o fato de ter colocado a mão embaixo do vestido da morena, Thomas disse que “meteu a mão na menina”, mas que “tudo termina em panos quentes”, como todas as coisas no Brasil, que é um “paisinho de quarto mundo”, um “Corsa que quer ser Mercedes”.

Leia mais clicando aqui.

Na Carta Capital, Nádia Lapa fala a respeito:

Como a essa altura vocês já devem saber, Gerald Thomas tentou colocar as mãos por dentro do vestido da Nicole Bahls durante um evento no Rio. Era noite de lançamento de um livro dele e a Livraria da Travessa estava lotada. Repórteres, cinegrafistas, funcionários da loja, clientes.

Pelas notícias, ninguém fez nada. Nas imagens dá para ver que o colega de trabalho de Nicole no Pânico continuou a entrevista como se nada tivesse acontecendo. Enquanto isso, Thomas enfiava a mão entre as pernas de Nicole e ela tentava se desvencilhar.

Sempre rolam os xingamentos à mulher, claro. São os usuais: que ela estava pedindo, que ela estava gostando, que o trabalho dela é esse mesmo, que a roupa era justa. Vocês estão cansados de saber quais as justificativas injustificáveis para o assédio e a agressão sexual.

Mas duas coisas me chamam a atenção nesse caso. A primeira é ninguém ter feito nada. Acharem normal. Acharem aceitável. Se a agressão tivesse sido com uma atriz considerada recatada, as pessoas reagiriam da mesma forma?

Duvido. Indignar-se-iam, aposto. Muita gente nas redes sociais se posicionou e apontou o comportamento de Gerald Thomas como agressão, mas a imprensa tratou como algo que “Nicole não esperava”, mostrando o assunto como mero constrangimento.

Texto completo:
http://www.cartacapital.com.br/sociedade/a-cultura-do-estupro-gritando-e-ninguem-ouve/

Update 12.04.2013 – No Globo Online…

‘Meti a mão na menina’, diz Gerald Thomas sobre Nicole Bahls

… a matéria cita:

De acordo com a coluna de Joaquim Ferreira dos Santos, Thomas enfrentou a equipe do programa “Pânico” com as mesmas armas dos humoristas, sempre invasivos. Primeiro enfiou a mão embaixo do vestido da ‘ex-panicat’ Nicole Bahls, depois tentou abaixar a braguilha do humorista Daniel Zukerman. Para a repórter que pediu que falasse do “projeto” (o livro), Gerald mandou: “Meu projeto é fazer um filho em você hoje à noite”.

E o próprio Gerald Thomas fez declarações a respeito (com “Comments are closed”) em seu blog (num post em que ele posteriormente mudou o título “devido ao enorme sucesso”):

(…) Vem uma menina, de (praticamente) bunda de fora, salto alto de “fuck me”, seios a mostra, dentro de um contexto chamado PANICO e eu (que não deixo me intimidar e gosto desse pessoal) entro no jogo e viro as cartas – e os intimido ! (que nada! Brincadeira também!) (TUDO BRINCADEIRA, GENTALIA HIPOCRITA que abriu uma facebook Page e debate e me massacra e passa dias editorializando e “moralizando”uma questão tão simples e tão absolutamente inútil:

Eu, Gerald Thomas, faço a olho nu, na frente dos fotógrafos, das câmeras, das luzes, o que esse bando de carecas e pseudo moralistas gostaria de estar fazendo atrás de portas fechadas, com as luzes apagadas! EYES WIDE SHUT (…)

O post completo:
http://geraldthomasblog.wordpress.com/2013/04/12/panico-much-ado-about-nothing-all-in-good-faith/

……

[*] De acordo com a Folha Online, os atores Luiz Damasceno e Marcos Azevedo e o cenógrafo Domingos Varela alegam que há informações distorcidas e fatos inverídicos no livro, bem como imagens de espetáculos sem suas respectivas autorizações, o que contraria a Lei de Direito Autoral, segundo Olivieri: leia a respeito da proibição clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em abril 11, 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: