Tristeza e incompreensão: A tragédia na Boate Kiss, em Santa Maria, RS

A coluna de Ancelmo Góis no Globo Online fala sobre a tragédia da Boate Kiss, em Santa Maria, RS:

Mais de 50 anos depois do incêndio de um circo em Niterói, onde morreram mais de 500 pessoas, o Brasil vive sua segunda maior tragédia do tipo com 245 mortos e 117 feridos na boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Os primeiros relatos informam que o integrante de uma das bandas que se apresentou na noite de sábado usou um sinalizador, que atingiu o teto da casa noturna, provocando o incêndio. Segundo o relato de um dentista que estava no local, feito à rádio BandNews, sem perceber que começava o incêndio, seguranças bloquearam a única porta de saída, impedindo a passagem das pessoas em pânico. A violência foi tamanha que a multidão derrubou uma barra de ferro usada num “curral” para controlar o acesso das pessoas à boate.

Na página da boate no Facebook aparece a propaganda das bandas Gurizada Fandangueira e Pimenta e seus comparsas, que lá se apresentaram na noite de ontem. Há inclusive os nomes dos DJs. A festa, que tinha o nome de Agromerados, foi organizada por seis turmas de universitários, e o ingresso era de R$ 15,00. Os depoimentos de todos serão úteis para a polícia comprovar que o local — que estaria superlotado — não tinha sequer uma saída de emergência sinalizada. Os donos dessa boate terão muito que se explicar. Alguém terá que ser responsabilizado criminalmente por mais essa tragédia no país. Na página do Facebook não param de publicar mensagens de solidariedade, e condenando os responsáveis pela boate. No perfil da boate no Twitter, o slogan é “você nunca está sozinho”.

A presidente Dilma, em entrevista coletiva no Chile, chorou e se emocionou ao falar da tragédia hoje de manhã. Ela interrompeu a viagem para retornar ao Brasil e ir a Santa Maria, onde já chegaram a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário.

Começam a aparecer no Youtube os primeiros vídeos logo após a tragédia, com cenas bastante fortes. Os corpos estão na calçada em frente à boate que era um ponto de encontro da juventude da cidade que tem 270 mil habitantes. Santa Maria tem uma grande universidade e vivem lá muitos estudantes. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, é natural de Santa Maria, e deve enviar à imprensa uma nota, em solidariedade às vítimas.

O texto foi encontrado aqui.

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em janeiro 27, 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: