Nana Gouvêa e o furacão Sandy

Nana Gouvea em NY

Nana Gouvea em NY

Nana Gouvêa está no olho do furacão. Calma, ela está bem, e até está “registrando” fotos na tragédia de Nova York, onde mora atualmente:

Nana Gouvêa deixou o apartamento onde mora com o produtor musical Carlos Keyes, em Nova York, para fotografar os danos que o furacão Sandy causou na cidade americana. Árvores derrubadas, carros destruídos e ruas vazias. Desde sábado, 27, a atriz não saia de casa por causa da supertempestade que causou muitos danos e provocou a morte de mais de 30 pessoas.

Mesmo presa dentro do apartamento com o marido, Nana disse que não sente tédio. Pelo contrário, tem aproveitado os momentos a sós com ele para namorar muito: “O furacão nos aproximou muito mais do que se fosse uma viagem comum com tempo normal e tenho que confessar que adoro hurricanes (furacões)! Nunca temos esse tempo todo pra ficar juntinhos e temos realmente passado a maior parte do tempo na cama! Só saí de casa para ir à academia e hoje, quarta, 30, só deixei o apartamento para fazer essas fotos. Eu amo passar por hurricanes com meu amor! É muito romântico e hoje vou abrir uma garrafa de vinho”, disse Nana ao EGO.

Esse é o segundo furacão presenciado por Nana. O primeiro foi em agosto do ano passado, quando ela se mudou para Nova York. Na época, a tempestade também a ajudou a se aproximar de Carlos Keyes. “O primeiro foi o Irene, justamente quando eu Carlos estávamos começando a nossa relação e era a minha primeira viagem a Nova York para ficar com ele durante uma semana aqui. Passamos a nossa primeira semana juntos trancados no apartamento dele, assistindo filmes, eu cozinhando e, claro, foi uma delícia de lua de mel”.

A nota e as fotos foram encontradas aqui.

Outra matéria:

Do apartamento que divide com o marido, o produtor musical Carlos Keyes, em Nova York, Nana Gouvêa vê toda a movimentação da cidade desde a passagem do furacão Sandy. A supertempestade fechou aeroportos, lojas, transportes públicos e impede que as pessoas deixem suas casas. Até agora, pelo menos 25 pessoas já morreram vítimas do furacão na Costa Leste americana.

Nana e Carlos moram no 43º andar de um prédio em Manhattan e do imóvel envidraçado têm uma visão privilegiada do que acontece em Nova York após a passagem do furacão. “A cidade está parada. Tudo está fechado! Nada acontece. Ontem à noite tivemos um blackout. Parte de Nova York estava iluminada e outra estava escura. Quem pode trabalha em casa. Quem precisa ir ao escritório não faz nada. Aguarda a melhora do tempo. Estamos em casa sem sair desde domingo, 28”, disse Nana que, prevenida, abasteceu a geladeira de comida. “Temos tudo no freezer além de muitas frutas”.

De sua casa, Nana vê o guindaste que entortou com o vento. A obra que finalizava a construção de um prédio de 63 andares precisou ser interrompida. “O guindaste está lá, abandonado. Parece cidade fantasma”.

Leia mais clicando aqui.

O sucesso foi tanto que já ganhou espaço no Trending Topics do Twitter e, claro, diversas paródias:

Após virar piada na internet, Nana Gouvêa comenta montagens de fotos suas em outras catástrofes mundiais: ‘Rindo muito’

~ por Tommy Beresford em outubro 31, 2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: