Os amores de Barack Obama antes do casamento

Genevieve Cook

Genevieve Cook

O Globo Online publicou notícia sobre matéria do site da revista “Vanity Fair”, que caiu por excesso de tráfego, com trechos de Barack Obama: The Story, livro escrito pelo repórter do jornal “Washington Post” David Maraniss, ainda inédito:

Enquanto a campanha eleitoral nos Estados Unidos esquenta e Barack Obama viaja ao Afeganistão para assinar um acordo de pós-guerra, as histórias de — dois — amores de juventude do presidente fazem o site da revista “Vanity Fair” cair por excesso de tráfego. A publicação pôs no ar trechos de Barack Obama: The Story, livro escrito pelo repórter do jornal “Washington Post” David Maraniss, ainda inédito.

As seis páginas já divulgadas pela revista, com um resumo feito pelo próprio Maraniss, contam as histórias de duas namoradas de Obama durante a faculdade: Alex McNear e Genevieve Cook. E é assim, sem revelar o rosto de um dos amores do presidente dos Estados Unidos — arrancando o doce da boca — que o leitor descobre que o relacionamento com Alex, a primeira delas, foi quase todo por meio de cartas. E que eles se conheceram em Los Angeles, no Occidental College, antes que Obama fosse estudar na Universidade de Columbia, em 1982 — quando o atual líder do mundo tinha apenas 20 anos.

Antes da faculdade de direito, de se embrenhar na política e de chegar à Casa Branca — e muito antes de conhecer Michelle, a primeira-dama —, Obama era um estudante esperto e curioso, apenas mais um dos inúmeros jovens de 20 e poucos anos que vivem em uma constante busca emocional por si mesmo. Em um dos trechos publicados na revista, o presidente é exatamente o que se espera de um rapaz introspectivo: muito contido, absorto e propenso a conversas frenéticas.

Maraniss afirma que não teve problemas em publicar detalhes sobre os relacionamentos amorosos de juventude do presidente. “O livro é, antes de tudo, uma biografia. As cartas e os diários aparecem mais como descritivos que apimentados”.

Alex McNear era uma jovem muito inteligente, um tipo meio literário, que Barack Obama conheceu antes de ser transferido para Columbia no primeiro ano da faculdade. Após meses de correspondência e namoro à distância, os dois só se reencontraram quando ela foi a Nova York, em 1982. Ali, tiveram um daqueles romances rápidos de uma noite inteira de conversa em um restaurante escuro.

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em maio 4, 2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: