Caso Eliza Samudio: Defesa de Bruno confirma morte

De acordo com o site da revista Veja, a defesa do goleiro Bruno admite pela 1ª vez que Eliza está morta. A estratégia do advogado do goleiro é acusar Macarrão como mandante do crime:

A defesa do goleiro Bruno vai admitir à Justiça a morte de Eliza Samudio. A estratégia foi revelada no domingo pelo advogado do ex-jogador do Flamengo, Rui Caldas Pimenta, em entrevista a um programa do jornal Folha de S. Paulo exibido pela TV Cultura. A admissão será feita durante o julgamento do goleiro – e a defesa de Bruno afirmará que Macarrão, ex-assessor do jogador, foi o mandante do crime.

Caldas Pimenta decidiu abandonar a tese utilizada até agora pela defesa, de que Eliza estava viva. Como o corpo da garota nunca foi encontrado, o ex-advogado do goleiro chegou a sustentar a afirmação de que a vitima estaria apenas escondida. Ainda segundo o advogado, a defesa de Bruno vai sustentar que Macarrão agiu à revelia do goleiro.

Quando desapareceu, em junho de 2010, Eliza pedia na Justiça que o jogador reconhecesse a paternidade de Bruninho – mais tarde, exames de DNA comprovaram que Bruno é, de fato, o pai do menino.

Leia mais clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em março 12, 2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: