International Emmy Awards 2011: Vitória do Jornal Nacional

Ana Paula Araújo e William Bonner em foto de Luiz C Ribeiro

Ana Paula Araújo e William Bonner em foto de Luiz C Ribeiro

Segundo a coluna de Patricia Kogut no Globo Online, o “Jornal Nacional” venceu o International Emmy Awards 2011 na categoria notícia:

A cerimônia aconteceu em 26.09.2011 em Nova York. O prêmio foi pela cobertura da invasão do Alemão, ocorrida em novembro de 2010. Esta foi a sétima vez em nove anos que o ‘Jornal Nacional’ foi um dos finalistas na categoria Notícia (e a primeira vez em que vence).

Concorreram este ano ainda (nesta categoria) produções da RUV Icelandic National Broadcasting Service, da Islândia; da Sky News, do Reino Unido; e da ABS-CBN, das Filipinas

A Globo já levou cinco prêmios Emmy International. Em 1981, com “A arca de Noé”. Um ano depois, com “Morte e vida Severina”; Em 1983, o jornalista Roberto Marinho ganhou o Directorate Award, um Emmy concedido aos mais importantes líderes da televisão internacional. Em 2003, depois de sua morte, ganhou também um Emmy especial pelo conjunto da obra. E em 2009, “Caminho das Índias” conquistou o prêmio.

A nota foi encontrada aqui.

Da divulgação oficial da emissora:

“Nos últimos nove anos, o ‘Jornal Nacional’ por sete vezes esteve colocado entre os quatro melhores telejornais do mundo. Isso é uma prova da qualidade da televisão que nós fazemos no Brasil, do telejornalismo que nós fazemos na Rede Globo”, afirma William Bonner, editor-chefe e apresentador do telejornal.

Para Ana Paula Araújo, repórter que participou ativamente daquela cobertura, o prêmio traz um reconhecimento especial para o jornalismo da Globo. “O Emmy é o principal prêmio da TV mundial, o Oscar da televisão. A importância deste prêmio extrapola o ‘Jornal Nacional’. Ganhar o Emmy significa que estamos no caminho certo, o de fazer um jornalismo cada vez mais competente e transparente, respeitado e reconhecido no mundo todo”, comemora Ana Paula.

Mais de 20 repórteres da Rede Globo participaram da cobertura durante o cerco e a tomada da favela. A transmissão de toda a operação, ao vivo, fez o Brasil parar em frente à TV. Fazem parte dessa cobertura as impressionantes imagens da fuga de centenas de traficantes armados feitas pelo Globocop, a descoberta de que traficantes usaram o esgoto para fugir e o espaço dado para que os moradores falassem da sensação de liberdade após a chegada dos policiais. “A cobertura do Complexo do Alemão mostrou como um trabalho que une experiência, competência, equilíbrio, coragem e sofisticação tecnológica pode servir à sociedade. Todos nós que estávamos no front, nas ruas, becos e vielas, ou pelo alto nos helicópteros, ou ainda na retaguarda tão importante da redação, sentimos naquela cobertura que estávamos registrando e participando um momento histórico de transformação da nossa cidade. O Emmy é o reconhecimento mundial desse esforço”, explica o repórter André Luiz Azevedo.

~ por Tommy Beresford em setembro 27, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: