Caso Bruno: Aparece o laptop de Eliza Samudio

Segundo o site do jornal O Dia, o delegado Edson Moreira, titular do Departamento de Investigações da Polícia Civil de Minas Gerais, recebeu nesta sexta-feira um laptop que seria de Eliza Samudio, de 25 anos, desaparecida há aproximadamente 1 mês:

O delegado afirmou que o computador pode fornecer pistas importantes para a elucidação do caso. O delegado disse ainda que vai analisar diversos arquivos de mensagens instantâneas trocadas, supostamente por Eliza e Bruno. Fotos e emails completam a análise.

Leia mais clicando aqui.

Edson Moreira e o laptop de Eliza Samudio (Foto: André Mourão)

Edson Moreira e o laptop de Eliza Samudio (Foto: André Mourão)

De acordo com o portal G1, o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos foi preso nesta quinta-feira, 08.07.2010, em Belo Horizonte:

Ele estava na casa de um tio, que foi cercada. A polícia ainda não informou como chegou até o local. Segundo a polícia, Santos é suspeito de matar Eliza Samudio. O advogado dele, Roberto Nogueira, disse ao G1 que seu cliente nega envolvimento no crime.

Leia mais clicando aqui.

Santos é dono de uma casa que foi alvo de buscas, na quarta-feira (7), em Vespasiano (MG). Policiais foram até o local orientados por um adolescente, que prestou depoimento e disse que Eliza está morta.

Do site do jornal Extra:

O chefe do Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DIHPP) da Polícia Civil mineira, delegado Edson Moreira, afirmou, em entrevista coletiva em Minas Gerais, que o goleiro Bruno foi levar sua ex-amante Eliza Samudio para ser executada, na casa em Vespasiano, na Grande Belo Horizonte.

A nota foi encontrada aqui.

Do portal R7:
Novo depoimento aponta que goleiro Bruno participou de sumiço de Eliza

Do Extra:

Segundo o delegado Edson Moreira, chefe do Departamento de Investigações de Minas Gerais, e o chefe da Divisão de Crimes Contra a Vida, Wagner Pinto, as últimas palavras de Eliza Samudio, antes de morrer, teriam sido: “Não aguento apanhar mais”. E Marcos teria respondido: “Não vai apanhar mais. Você vai morrer”. Em seguida, o ex-policial civil – a quem o menor X. chama de Neném em seu depoimento – teria estrangulado a jovem.

Leia mais clicando aqui.

Outra matéria do Extra:

Marco Antonio Siqueira, advogado do primo de Bruno, Sérgio Rosa Sales, contou que no dia 10 de junho, menos de 24 horas após Eliza ser brutalmente morta, o goleiro Bruno foi com Sérgio ao aniversário do jogador Vagner Love, num sítio no Rio de Janeiro. A festa contou com muita cerveja, vodca e mulheres, inclusive prostitutas.

A not foi encontrada aqui.

~ por Tommy Beresford em julho 9, 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: