Hino Nacional na Assembleia (e no Youtube): Vanusa explica

Vanusa cantando o hino

Vanusa cantando o hino

Tudo começou com o vídeo no Youtube da cantora Vanusa cantando de forma ‘inusitada’ o Hino Nacional Brasileiro:

http://www.youtube.com/watch?v=TfzyqxWHrQo

Agora, a cantora Vanusa dá a sua versão para o acontecido:

“Eu ia cantar o Hino Nacional, mas tenho labirintite. Antes de ir para a Assembléia, eu tive uma discussão séria com meu filho. Tomei dois comprimidos de Vertix e fui fazer. Quando comecei a cantar, deu um estouro no meu ouvido e eu não conseguia concatenar a voz com o que eu estava lendo. Eu não enxergo direito. Eu fui caindo e me pegaram”, conta a cantora.

Vanusa afirma que jamais faria uso de álcool ou drogas. “Eu fui casada com o Antônio Marcos, que era alcoólatra. Vou virar alcoólatra aos 61 anos? Eu sou a única cantora que fez uma música contra a droga. Sou totalmente contra droga.”

Leia mais clicando aqui.

Update 07.09.2009:

1. Um artigo no Terra Magazine a respeito:

2. Vanusa foi ao Programa do Gugu do dia 06.09.2009 e falou ao vivo na Record sobre o caso:

Update 12.08.2010 – Leia também:
A falta de memória ataca Vanusa novamente: Cantora explica novo lapso em apresentação

~ por Tommy Beresford em agosto 31, 2009.

52 Respostas to “Hino Nacional na Assembleia (e no Youtube): Vanusa explica”

  1. Interessante que nem mesmo no cantar do Hino Nacional, por Vanusa com “labirintite”, os politicos nada fizeram – de uma passividade como se nada houvesse…

    • É muito triste assistir a uma cena como essa. Não estou aqui para julgar ninguém. Entrei para ver devido ao blá-blá-blá que isso se tornou. E como é típico do brasileiro, tudo que é ruim, tudo que é desgraça, tudo que é erro, tudo que é triste CHAMA MAIS À ATENÇÃO do que tudo que é bom, tudo que é bênção, tudo que é acerto, tudo que é feliz. Vanusa tem uma história na nossa música – gostemos ou não desta história – e há tempos anda “sumida” – garanto que não ficou muda nem fugiu para o Uruguai para escapar de dívida – mas é só acontecer um “evento” como esse para voltar à mídia. POBRE MÍDIA E POBRE POVO QUE A MERECE.

      PS: Prezada Cíntia, o que terias feito ? Levaria Vanusa aos porões do ditadura ? E que eu saiba não havia políticos presentes, aliás, outra classe que só é lembrada e narrada pela imprensa quando faz cagada. Quando acerta… “não fez mais que sua obrigação”. TRISTE PAÍS, TRISTE POVO.

  2. Quando perceberam que havia algo errado com a Vanusa deveria tirá-la do recinto, pois ela realmente não é assim normalmente. Claro que ela tomou algum tipo de remédio que a fez passar mal.

  3. Da próxima vez, façam como na Câmara Federal ou no Senado: cortem o som do microfone. Quando a pessoa não tem muito a fazer, normalmente acaba optando pela cachaça e não para ensaiar a forma de cantar o Hino.

  4. Antes de atirarem pedras por um fato que evidentemente foi um grande acidente, acredito, causado pela ingestão de medicamentos conforme várias informações, imaginem o mal estar que deve estar sentindo a cantora. Olhem para o próprio umbigo e confirmem quantos sabem a letra inteira do nosso hino.

    • Só ouvi hoje o hino cantado pela Vanusa pois não tive coragem por saber o vexame que foi. Fiquei constragida, deveriam ter cortado o som do microfone par evitar essa cena lamentável. Qualquer pessoa que se preste a cantar o Hino tem obrigação de saber a letra e música. E se não estiver bem de saúde, não vá. Indesculpável.

  5. André, sua declaração de que * como é típico do brasileiro, tudo que é ruim, tudo que é desgraça, tudo que é erro, tudo que é triste CHAMA MAIS À ATENÇÃO do que tudo que é bom” é mais um cliché daqueles lançados por quem gosta de julgar uma situação complexa com um comentário generalizado, como querendo dizer que assiste a tudo de um lugar seguro.

    Quanto aos políticos na mídia, minha opinião é de que a impressa ainda falha ao não dar cobertura integral as imoralidades e ilegalidades praticadas por eles. Quando fazem coisas boas estão simplesmente executando a obrigação da profissão.

    Outro exagero é falar sobre ditadura em um post sobre uma interpretaçao inusitada do Hino Nacional. Parece que a Ditadura está exageradamente presente na sua cabeça.

  6. Não se justifica tanto estardalhaço. Uma música que foi objeto de um concurso, mas quem ganhou não levou (já naquele tempo!) e a que levou teve a letra modificada para ficar como agora se canta; que apenas uma minoria sabe cantar de cor, e dos que sabem, poucos entendem a letra, cuja análise sintática é tarefa para doutores na língua… Ora, poupem a Vanusa!

    • A apresentação da cantora Vanusa foi realmente lamentável e nada justifica tal vergonhosa interpretação, a menos, é claro, que ela estivesse alcoolizada, o que explicaria, mas não justficaria, ou que ele esteja sofrendo de demência, o que explicaria e até justificaria os seus erros, sua total ausência de autocrítica e sua, aparente, dificuldade para entender o que estva escrito no papel à sua frente. Não enxergo, disse ela! Tenha a paciência! Estava de óculos, com o papel na distância que ela posicionou para facilitar sua apresentação, cantando de forma estilizada o Hino Nacional, o que, certamente, demandou algum ensaio com a participação dela e dos músicos que a acompanharam. E por aí vai. Deu várias pretensas “justificativas” para tentar explicar seu papelão! Vertix, definitivamente, não explica o quadro. Nem briga com o filho, ou lá quem fosse. Por duas vezes foi dada a opção de saída honrosa para ela, que não se “mancou”, querendo continuar a pavorosa interpretação. Deu a impressão de que tiveram que cortar o volume do seu microfone para que ela não mais fosse ouvida! Concordo, todavia, que tal apresentação foi, de fato, auspiciosa (hare baba!), em se tratando do local e para quem foi feita. Resta saber quem a contratou e por quanto, para tão jocosa interpretação do nosso hino. E, por favor, não me vwenham com essa de ser um hino que ninguém sabe e os que sabem não o entendem. Reservem para vocês mesmos, que certamente se reconhecem em tal situação, essa explicação. Tenho certeza que não sou o único a entender a letra do hino!

    • Meus caros… é interessante como costumamos passar a mão na cabeça de todos e colocar panos quentes em tudo… Ela é uma cantora, brasileira e tinha que se preparar para subir no palco… e isso não aconteceu e ponto… foi um horror e ponto… A verdade é verdade por si só e ponto… e a verdade aqui foi uma só “uma vergonha”

  7. Não devemos julgar ninguém, qualquer pessoa pode ter um momento como este, ninguém esta livre de passar por uma situação como esta.

  8. Tratando-se de uma de uma das maiores artistas que temos, devemos sim saber o que houve com a nossa artista antes de critica-la.
    A incompetencia de quem operava o som, ou de quem deu ordem pra que fosse até o fim é que deve ser questionada… Vários motivos podem levar uma pessoa agir daquela forma, inclusive os artistas.

  9. Logo vi. Vanusa foi e é uma grande cantora . Remedio para labirintite deixa a pessoa totalmente desnorteada. Falta de rsponsabilidade foi de quem permitiu que ela cantasse nessas condiçãoes.

  10. Vanusa foi corajosa até o fim; pois diante da inércia dos organizadores do evento, que não a retiraram do local, visto que estava visivelmente passando mal; não entregou os pontos. Tentou levar da forma que pode, apesar de toda a confusão mental que o medicamento lhe provocara. Mais deprimente que vê-la daquele jeito, foi ver a cara hipócrita de alguns dos presentes com um semblante de reprovação, como se a artista fosse uma leviana, drogada e perdida entre pessoas de bem.

  11. Eu duvido muito que todo esse alarde e pagode de fundo de quintal tenha sido causado pelo fato de Vanusa ter cantado certo ou errado o Hino Nacional, saber sua letra ou não – até porque seria ridículo qualquer um de nós pobres mortais que não cantam o Hino regularmente e por obrigação profissional afirmar saber cantá-lo de cabo a rabo sem dar uma gaguejada – e com “cola”.
    REPITO QUE O ALVOROÇO E A CURIOSIDADE MÓRBIDA FOI O FATO DE UMA ARTISTA CONHECIDA EM UM EVENTO “SÉRIO” TER SE APRESENTADO “BÊBADA” OU “MALUQUINHA” EM PÚBLICO. E É ESTA CURIOSIDADE QUE VOLTO A CRITICAR. Por que a mídia física ou virtual não procura saber sobre o que um artista vem planejando, sem precisar de “jabá” de gravadora ou de “escândalos” extra-musicais como este ?
    Por que espera-se a morte de um artista para homenageá-lo ?
    Por que espera-se a morte de um artista para rever conceitos ou preconceitos sobre sua obra ?
    Eu respondo porquê. Por que NÃO VENDE. Os anônimos – em geral – querem rir, debochar, sentir pena, sentirem-se superior, transplantar suas frustrações e desgraças para alguém público e poderem dizer a si mesmos que nem só eles são uma bosta, poder dizer que “estão no lucro” já que “Fulano da Silva” fez isso ou aquilo, o que deve ajudar a aceitar qualquer ausência de algo que esteja sentindo em sua vida.
    JÁ NOTARAM COMO O TRÂNSITO “ENGARRAFA” QUANDO A TRÊS METROS À FRENTE HÁ UMA COLISÃO OU UM ATROPELAMENTO COM SANGUE ESCORRENDO ? TODO MUNDO QUER DAR UMA OLHADA NA DESGRAÇA ALHEIA.
    JÁ NOTARAM ALGUÉM AJUDANDO UM DEFICIENTE VISUAL OU FÍSICO A ATRAVESSAR UMA RUA ? NÃO, NÃO NOTARAM PORQUE O TRÂNSITO NÃO ENGARRAFA. NINGUÉM FAZ QUESTÃO DE VER E AINDA AGRADECEM POR NÃO SER ELE AQUELE “COITADO”.
    TRISTE MÍDIA, TRISTE POVO, TRISTE HUMANIDADE, TRISTE PAÍS, TRISTE PLANETA!

    • Concordo com vc…Triste Senado brasileiro!
      Todos se incomodam com um erro de uma cantora como se isso fosse mudar o rumo da história do país.
      Ninguém se incomoda com a corrupçãp pois basta praticar a Lei de Gerson e todos votam nas mesmas tristes,patéticas e indecentes figuras do cenário politico nacional.

  12. triste andré vargas.

  13. será q a vergonha foi só dela? claro q não,pq os presente cheio de não me toque,só q com suas !vergonha “escondida ,quem não tiver pecado q atire a 1º pedra, não sei o q aconteceu realmente ,mais se ela não estava bem, cabia ao produtor do evento saber , não deixar ACONTECER.

  14. Se não estava bem não deveria ter se apresentado.Se brigou, se estava nervosa, se tomou remédio , se isso, se aquilo…não justifica o fato de aparecer como se estivesse drogada. Quis aparecer assim mesmo agora aguenta os comentários negativos. Ou temos obrigãção de desculpar essa falta de respeito conosco? Se ela não se respeita o problema não é nosso, correto?

  15. Não é possível creditar toda a culpa nos remédios. Se não sabes, não te metas.

  16. Temos que ter respo nsabilidade profissional e só fazermos o que formos capazes. Ela como artista consagrada que é não podia se dar o luxo de pagar esse mico seja lá por que motivo for, quanto ao fato de muitos não saberem cantar o hino, o que falta é sentimento civico e uma educação maior sobre o tema a começar pelas nossas próprias escolas que não praticam esse culto, somos o único pais do mundo que aplaude o hino nacional, uma tremenda falta de educação.

  17. Apenas uma frase resume o ocorrido: “VOCÊ ESTÁ ONDE VOCÊ SE PÕE!”

  18. Segundo a propria Vanusa: “Quando comecei a cantar, deu um estouro no meu ouvido e eu não conseguia concatenar a voz com o que eu estava lendo.”

    Um BOM cantor profissional, sentindo que esta’ mal, so’ tem uma opcao: pede desculpas e sai fora. Ela nao fez isso.

    Pena que ela nao teve o bom senso de fazer isso.

  19. Sinto muito, mas a desculpa da labirintite não colou. Ainda mais ao falar que ela tomou uma dose maior do que a indicada. Se uma pessoa sofre constantemente de uma doença, não é assim ao acaso que iria mudar a dose por conta própria. E se a tal discussão com o filho foi exatamente para evitar que ela fosse dar esse vexame?

    Isso fora o trivial: uma cantora profissional que não sabe cantar o hino de seu país… começa por aí.

  20. Ok! Ela própria, ao perceber o erro, devia ter parado e pedido desculpas. O que foi aquilo? Levar aquela palhaçada adiante? E sim, eu sei cantar o hino nacional de cor, e compreendo. E se fosse me apresentar em público, ensaiaria.
    Não é porque há outras coisas piores no país que devemos deixar de criticar um ato de pura irresponsabilidade da Vanusa. Não devemos culpar apenas os presentes que não a “retiraram do local” ou “desligaram o microfone”. Ela, se sentindo mal, e vendo que perdeu TOTALMENTE o fio da meada, devia se desculpar e sair, ou tentar começar denovo. Falta de respeito com nosso país.

  21. Se ess mulher tomou mesmo os remédios, como alega, deveria ter o mínimo de bom senso e pedir dispensa da tarefa para não estragar o hino brasileiro. Qualquer um entenderia os motivos da dispensa e a Assembléia, que já é palco de tantos absurdos, não promoveria mais um.

  22. ANDRÉ VARGAS

    Se achas nosso país tão medíocre assim o que faz aqui ainda?
    Os incomodados que se retirem !!!!
    Não esquece que deste “pobre povo” que dizes, tu faz parte dele!!!

    E outra , se não sei dirigir, não serei motorista, se não sei atuar, não serei atriz, se não sei operar, não serei médica, se ela não tinha condições PORQUE RAIOS FOI CANTAR O HINO NACIONAL?
    Antes não tivesse ido do que fazer uma cena dessas, se não quer ser motivo de comentários, não dê motivo pra isso !
    E outra vc faz tanto mal juízo do povo braileiro , que acha q só porque o vídeo foi parar na mídia que todos agiram grotescamente!!!!
    Tudo é culpa da mídia então? Será que Vanusa só fez aquela cena porque algum canal d TV brasileira boicotou o seu grandiosissimo concerto no senado !?!?!!
    Fala sério , se este caso não tivesse sido tão bizarro , as pessoas iriam ver e nem iriam se importar, assim como ocorre com vários vídeos do youtube que são postados e nem por isso chamam a atenção, se, se indignaram é porque acharam bizarro o suficiente para isso!
    E tenho dito!!!!

  23. Todos os nossos atos tem uma consequência. Ela assumiu a responsabilidade. Se não estava bem emocionalmente ou estava sob efeito de remédio, nada justifica. Estamos falando de uma profissional, não de uma amadora. Se uma pessoa toma um calmante, ela sabe que não é conveniente dirigir um carro. Se ela resolver dirigir assim mesmo e atropelar alguém, vai justificar o fato de haver tomado remédio? Se ela fosse uma médica, será que ela iria fazer uma cirurgia assim mesmo? Quando ela pegou o microfone ela sabia o que estava fazendo, agora vem com desculpas esfarrapadas. No mínimo ela foi negligente e imprudente.

  24. achei tudo uma diversão…o vídeo ficou muito engraçado, sei das nossas limitações com o hino, mas jamais pensei que alguém pudesse distorcê-lo tanto assim…assistindo com amigos, rimos muito e depois chegamos a conclusão de que só dopado um brasileiro conseguiria errar tanto …ainda mais Vanuza uma grande cantora, dos tempos em que se cantava o hino nacional todos os dias na escola…
    acho legal debaterem esse assunto, mas sem muita seriedade, sem derramamento de sangue…com certeza esse vídeo deve ficar marcado como o mais divertido do ano…

  25. Não sei realmente o que aconteceu, mas tbm posso afirmar que Vertix deixa a gente meio grogue mesmo.Eu já tomei e não ia nem trabalhar qdo tomava…Coitada, depois de tanto sucesso e com uma voz tão maravilhosa qto a dela não deveríamos deixar que esta cena tragicomica marcasse para sempre esta talentosa cantora brasileira.Pior do que errar ou alterar o hino nacional é o que o Senado, o governo e muitos politicos têm feito com o País, isso sim é uma vergonha, um escândalo um crime hediondo e nós não fazemos nada.

  26. Imagine que ela disse no Gugu que passou a noite anterior em claro, tentando DECORAR a letra do Hino Nacional, que era muito grande… Há quanto tempo essa SENHORA é BRASILEIRA??????????? Devia se envergonhar de dar uma justificativa tão MEDONHA !!!!!

  27. Domingo em um programa de televisão a cantora vanusa se explicando sobre o hino nacional,disse que ele é difícil e que ninquem sabe cantar!
    Ora isto é uma falácia porque vários cantores ja cantaram muito bem,e se ela acha difícil porque foi cantar!

  28. O “Hino Nacional” balbuciado pela cantora Vanusa está no nivel dos nossos politicos da base governista. Este hino não é daqui e sim de outro planeta.

  29. uma palavra resume tudo lament´vael

  30. Acredito que ja se esgotaram as explicações, desculpas, defesas, críticas e justificativas possíveis e imaginaveis. Tudo isso, é claro, é a matéria prima que alimenta os velozes veículos de comunicação. Se realmente o infeliz episódio protagonizado pela experiente e consagrada cantora Vanusa, ocorreu por uma das justificativas citadas, o mínimo que a Vanusa pode fazer, é pedir desculpas sinceras ao povo Brasileiro, sem ironizar um dos nossos “símbolos nacionais”, atribuindo-lhe a culpa por sua ignorância.

  31. Vanusa não deixe de cantar por causa deste incidente, este Hino realmente e todo problemático foi escrito em uma época que se tinha outros valores uma forma mais arcaica de vocabulario, alias um Hino que nao condiz em nada com a realidade parece mais um poema barroco do que outra coisa. Força!!! semana que vem tem outro problema e ninguem lebram mais disso.

  32. A grande maioria dos brasileiros não sabe cantar o hino da forma como deve ser cantado e são poucos os que possuem o domínio da letra. E ainda assim são apenas palavras cuspidas ao vento, pois trata-se de um hino de difícil compreensão, mesmo para muitos que já concluíram o curso superior.Também são poucos os que sabem se comportar no momento em que o hino está sendo executado.

    Desconheço as razões que levaram a cantora Vanusa a cometer tantos enganos, mas os críticos podem perfeitamente deduzir que, naquele momento, a cantora estava visivelmente confusa; portanto não é que ela desconheça inteiramente o hino, o que ocorreu foi uma momentânea confusão mental. A cantora alegou que sofre de labirintite, que brigou com um dos filhos e tomou Vertix.

    Lamento o que li sobre a entrevista concedida pela cantora Vanusa ao apresentador Gugu. Soube que ela sugeriu que o Hino Nacional seja modificado para ficar mais fácil. Desta vez ficou parecendo que brigou com o outro filho e tomou alguns comprimidos de Falta de Raciocinix.

    Quanto a esse único que diz compreender a letra do hino, pelas bobagens que escreveu posso deduzir que não consegue compreender nem mesmo o comentário que fez.

  33. Vanusa errou. E errou feio. Não tiro os méritos dela como cantora e a importância dela para o Brasil. Mas exatamente por ela ser profissional – pelo menos, penso eu – deveria, sim, ter tido o bom-senso e dito que não tinha condições de se apresentar (como muitos postaram por aqui). Mas ele preferiu o papelão, infelizmente! Como brasileira, eu me senti envergonhada.
    Essa alegação de que a Vanusa não tinha obrigação de saber cantar nosso hino nacional porque a maioria da população também não sabe é absurda. Vanusa é uma pessoa pública, uma artista conhecida e admirada, portanto, tinha como obrigação dar exemplo. Um bom exemplo, para ser seguido por essa população que sequer sabe o próprio hino. Eu mesma aprendi o Hino Nacional ainda no ensino fundamental. E não há nada de complicado em sua letra, como alguns dizem. Pelo contrário, nosso híno é lindíssimo e só não o entende que tem preguiça mental.
    Quando Fafá de Belém interpreta o hino, por exemplo, fica de mais fácil compreensão ainda.
    Enfim, espero que esse episódio com a Vanusa sirva de lição para ela e tantos outros artistas. Continuo desejando que Vanusa volte a fazer sucesso, que grave novos trabalhos, desta vez sem vexames.

  34. vamos prender todos que não sabem cantar o hino,assim as ruas ficarão vazias,não terão ladro~es e nem quem ser assaltado,mas foi uma grande falta de sensibilidade do operador de som que poderia ter livrado essa grande cantora que nos deu tantas alegrias e que aos 61 anos tem que passar por uma dessas,mas fica tranquila Vanuza,seu crimwe Deus perdoa.

  35. O Hino Nacional Brasileiro é apenas um dos símbolos deste país, não é e nunca será mais importante que um ser humano; é o povo quem o representa e não o Hino quem representa o povo. A cantora Vanusa é povo, é humana e merece respeito. Ela não envergonhou a nenhum de nós, muito menos a si mesma. Aqueles que permitiram que ela cantasse até o fim são os únicos que deveriam se envergonhar. O erro maior foi deles, pois logo nos primeiros instantes, ela deveria ter sido interrompida por estar cometendo um desrespeito à Lei. O mestre de cerimônia ou qualquer um daqueles brasileiros que estavam presentes, inclusive as policiais que estavam logo atrás da cantora, tinham o dever de tê-la interrompido imediatamente; mas em vez disso, eles a abandonaram em um momento em que ela estava mentalmente confusa. Se eu fosse ela iria consultar um advogado para processar os verdadeiros responsáveis.

    Se querem criticar ofensas ao hino nacional, observem o que a grande maioria dos brasileiros faz nos estádios ou nos ginásios, onde ocorrem campeonatos esportivos, e vocês terão muito o que criticar e milhares de pedidos de desculpas para reivindicar, inclusive dos atletas.

    Há anos que o Hino Nacional vem sendo maltratado, há até quem elogie as interpretações feitas pelas cantoras Fafá de Belém e Elza Soares, que na verdade assassinaram o Hino. Cantá-lo sem errar a letra, não é sinônimo de boa interpretação, muito menos significa que a pessoa compreende a mensagem contida na letra o hino. A cantora Fafá de Belém pode até pronunciar bem as palavras, mas não as traduz; não tem todo esse valor a interpretação que ela faz, pelo contrário, essa cantora não se porta da forma solene como deveria, fica rebolando e fazendo caras e bocas, como quem está cantando carimbó do Pará, e isso é um desrespeito à Lei que regulamenta a execução do hino.

    Márcia Santos, já que você é uma pessoa intelectual e capaz de compreender tão bem o hino nacional, diga em qual situação você utilizou os seguintes termos ultimamente: florão, fúlgidos, lábaro. Nosso hino é complexo, é um poema imenso e cheio de vocábulos de difícil compreensão, além de conter inúmeras palavras que cairam em desuso. A letra é de Joaquim Osório Duque-Estrada, que foi membro da Academia Brasileira de Letras e filiado à escola parnasiana. Portanto, é risível pensar que ele escreveu algo que possa ser plenamente compreendido pelo brasileiro médio da atualidade, a não ser que você esteja desatualizada quanto à capacidade intelectual do povo que representa esse hino tão lindo e tão depreciado.

    Marcia Santos, você fala dos méritos e da importância da cantora Vanusa para o Brasil, mas quantas vezes você escreveu sobre isso? Quantas vezes entrou na net para elogiar? Já ouviu falar de gratidão? Tem cabimento exigir bom senso de alguém que está com a mente desorganizada? Como brasileira eu não sei se você tem motivos para estar envergonhada, mas como ser humano que empurra o outro para o abismo, certamente tem motivos de sobra para se envergonhar. A cantora Vanusa já teve o seu tempo, dificilmente voltará a fazer sucesso e, se depender das críticas maldosas, ela não voltará a cantar nem mesmo nos botequins.

    Pelo que andei lendo, Vanusa realmente já foi uma cantora de sucesso, divertiu nossos avós, talvez nossos pais, tios e etc; sendo assim, devemos olhar para o todo e não permitir que um acontecimento isolado sirva como única prova para o julgamento. Quantos aqui já ouviram a Vanusa cantar? Gostaram? Entraram aqui para elogiar? Ingratos!!!

    A impressão que tenho, é que alguns de vocês não são dotados do sentimento de compaixão, comportam-se como predadores da própria espécie e parecem não compreender que um ser humano quando está fragilizado precisa de carinho e não de pedradas. Vanusa é uma cantora em fase decadente, idosa, fragilizada por doença e problemas pessoais. “Não toquem na vida de um ser humano ferido a não ser que seja para ajudá-lo”!

  36. Acho que foi cantado à altura de nossos representantes da Pátria. Sem fundamento, com explicações pouco convincentes, vergonhoso. Exatamente como o Governo merece que o cante!

  37. Atire a primeira pedra quem nunca cometeu uma gafe! Além do mais, ninguém, nem mesmo quem estava presente, sabe o que de fato aconteceu. O Brasil é maravilhoso, seu hino também. Isso independe do que dizem do que pensem e do que falem. Foi um momento infeliz apenas. E que venha outro escândalo para fomentar celeumas intermináveis!

  38. Marcia Santos, voltei a ouvir a interpretação da cantora
    Fafá de Belém e sabe o que descobri? Descobri que nas primeiras interpretações ela tropeça na letra do Hino Nacional tb. Jás nas interpretações mais recentes ela corrigiu o erro, ouça: nossa vida “EM” teu seio mais amores, quando deveria ter cantado, nossa vida “NO” teu seio mais amores. Confira antes de elogiar, ela errou mais de uma vez, inclusive, diante de autoridades e a dicção deixa a desejar e muito.

  39. Se Vanusa não tinha consciência da má interpretação do Hino Nacional e continuava cantando,por que não a retiraram do microfone sutilmente.Que vergonha horrível!E ninguém teve piedade do Hino e nem dela.Lastimável.

  40. Todos os presentes deveriam ter cantado o Hino em voz alta, agindo assim talvez tivessem abafado o som da cantora Vanusa. Mas será que eles sabem a letra do Hino Nacional?

  41. Uma coisa que não entendo. Que remédio é esse que deixou ela totalmente grogue e já que percebeu que não conseguia ler direito nem cantar no ritmo (explicação muito consciente,) por que não se recusou a cantar? Ela já começou errando e com voz embolada, já tava doidona esperando ser chamada e mesmo depois da interrupção não parou. No mais foi um episódio vexatório, mas muito engraçado. Ficou uma mistura do tapa na pantera com Aline Durel, aquela do do lexotan.

  42. Quanto ao Vertix

    – Interações medicamentosas:

    Pode potencializar os efeitos do álcool e dos depressores do SNC, especialmente no início do tratamento.

    – Reações adversas:

    LEVE SENSAÇÃO DE CANSAÇO OU SONOLÊNCIA, GERALMENTE REVERSÍVEIS PODEM SURGIR NOS PRIMEIROS DIAS DE ADMINISTRAÇÃO. NESTES CASOS ACONSELHA-SE A REDUÇÃO DA DOSE, NÃO HAVENDO NECESSIDADE DE SE INTERROMPER A TERAPIA MEDICAMENTOSA. EM PACIENTES SENSÍVEIS, PODERÃO OCORRER DISTÚRBIOS GASTRINTESTINAIS RECOMENDANDO-SE ADMINISTRAR O MEDICAMENTO COM UM POUCO DE LÍQUIDO (DE FORMA ALGUMA ÁLCOOL), APÓS AS REFEIÇÕES. FOI RELATADO, EM PEQUENO CONTINGENTE DE CASOS, DEPRESSÃO LEVE E MODERADA, REVERSÍVEL COM A EVOLUÇÃO DO TRATAMENTO OU REDUÇÃO DA DOSE.

    Será que Vanusa só tomou 2 comprimidos desse medicamento?

  43. O ato de Vanusa foi grave, garvíssimo, simplesmente por 2 motivos: 1 – se predispôs a Cantar o Hino Nacional, uma única música, que vê-se não ensaiou como deveria, afinal, uma única letra, não importa o tamanho, é fácil de gravar na mente, é só ensaiar. Tem sim muita, muita gente que sabe cantar o Hino Nacional inteiro sem ler. 2 – era um evento profissional, uma atividade que requer competência, atitude profissional, caso tomou remédio e brigou com o filho, já deveria saber 9afinal existem bulas) que o mesmo a impediria de cumprir tal compromisso com precisão. Daí a falta de respeito ao contratante, ao público em geral. O Hino não é propriedade de qualquer um, é valor de um País, é a voz de uma Nação sendo emitida. Não por ser nacionalista, que não sou. mas por ser artista, lamento o “quase” imperdoável” deslize de Vanusa. Por vaidade pessoal, sujou a sua história profissional. A classe artística tem que ter respeito pelo público.

  44. Acredito que a cantora Vanusa está doente. Ela pode estar sofrendo de algum mal, tumor cerebral ou qualquer outra coisa que não sabemos. Portanto, eu prefiro não julgar.

  45. […] Posts relacionados: – A falta de memória ataca Vanusa novamente: Cantora explica novo lapso em apresentação – Hino Nacional na Assembleia (e no Youtube): Vanusa explica […]

  46. A VANUSA SE EXPLICOU E EU ENTENDI. AGORA, PRA CRITICA-LA, PRIMEIRO VÉIO, OLHE PARA O SEU PRÓPRIO RABO, LAVE A BOCA E FALE SEM OFENDER ESSA SUPER CANTORA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: