David Azulay: Falecimento

2810JL1De acordo com o site do jornal O Dia, o dono da famosa marca de biquínis Blue Man, David Azulay, faleceu na madrugada desta terça-feira, 10.02.2009.

Segundo a nota, o estilista estaria na cidade Visconde de Mauá, no sul do estado do Rio, e a causa da morte ainda não foi anunciada pela família. A foto ao lado, de outubro de 2008 e de autoria de João Laet, é da matéria de O Dia.

Leia também no portal G1, clicando aqui, que informa que o estilista morreu aos 56 anos.

Matéria de 2002 no Portal Varejista:

Não há, no mundo da moda, uma história como a da Blue Man que tem início na viagem de um jovem rebelde que deixou sua terra natal, no Pará, para se aventurar no caldeirão chamado Ipanema, no final dos anos 60.

O protagonista da história, David Azulay, desembarcou no Rio de Janeiro com o irmão Simão, em busca de um futuro diferente do previsto. O pai, Nissin Azulay, corretor de seguros, queria que os filhos seguissem o caminho do tio, médico famoso na cidade. O sucesso veio, porém, de modo inesperado e sem freqüentar os bancos das faculdades. O DNA da mãe, Dona Sol, bordadeira de mão cheia, falou mais alto e os dois irmãos decidiram investir nas experiências fashions.

No Estadão, há uma matéria também de 2002 sobre os 30 anos da Blue Man, que conta muito sobre a vida de Azulay nas palavras do próprio estilista: leia clicando aqui.

~ por Tommy Beresford em fevereiro 10, 2009.

4 Respostas to “David Azulay: Falecimento”

  1. Eu vi algumas entrevista do David e achei um barato o seu jeitão de falar de ver a moda.
    Fez sucesso pq vivia o fazia ,observador,como ele me disse em entrevistas:-” não tenho vergonha de perguntar ao consumidor o que eles querem da moda praia”.
    Cariocão, com sua jinga de bom brasileiro,venceu.

  2. te amo .saudades

  3. DEUS que saudade. sou a mãe da sharon . mas david o que vivemos foi legal, muito intenço…….EU que devereia ter ido .ela te ama . eu? só estou mirando indondicionalmente.nossa ffffffffffffffffffffff

  4. Conheci David Azulay meio que por acaso, quando acompanhando uma amiga que vendia Blue Man, foi encontrar com ele que passava por Belém e sem nenhum ‘estrelismo’ marcou um horário pra acertar com ela algumas ações comerciais. Eu já era mais que fã de sua marca e, não pensei duas vezes em aproveitar a oportunidade de conhecer o ‘cara’ em fazer moda praia. Ele foi um, entre outros grandes talentos do Pará.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: